08/01/14

Dínamo

Dínamo

Um dínamo é uma máquina geradora de corrente contínua, utilizada geralmente em automóveis e bicicletas.
A primeira máquina a utilizar os fenómenos da indução para produzir correntes contínuas foi construída a partir de 1831 pelo matemático e físico francês André Marie Ampère.No entanto a primeira máquina contendo os elementos essenciais dos dínamos modernos, foi fabricada em 1871 pelo inventor belga Zénobe Gramme. As dificuldades da sua construção fazem com que atualmente se utilize exclusivamente o dínamo criado em 1872 pelo engenheiro Hefner-Alteneck, da Siemens.
Um dínamo é uma máquina de indução destinada a gerar corrente contínua a partir da transformação de uma energia mecânica em eletricidade, mediante a rotação de uma bobine (rotor) no interior de um campo magnético criado por um íman (indutor).
Os dínamos são constituídos: pelo indutor (eletroíman ou íman permanente), o qual cria o campo magnético e que é constituído por um número par de polos; pelo induzido (tambor), que gira no interior da cavidade compreendida pelos polos e na qual são induzidas as forças eletromagnéticas; pelo coletor e escovas, que formam o sistema que recolhe e retifica a corrente induzida gerada pelo dínamo.
Os dínamos são utilizados nos circuitos elétricos dos veículos onde regulam a carga, a qual depende das necessidades da bateria, sendo acionadas pela correia da ventoinha ou por uma engrenagem da cambota.
Atualmente os dínamos tendem a ser substituídos pelos alternadores, que apresentam uma série de vantagens de simplicidade, robustez, menor peso e dimensões e maior potência.


Enviar um comentário