25/04/15

Tributo ao " Zeca Afonso "

Era noite de liberdade
Entre veredas e pinhais
Pode até parecer
Mas não são todas iguais
Tocou se pela liberdade

Com,  tributo a um grande 
criou um hino a  liberdade 
deixou o corpo a terra 
fica o trabalho para a eternidade 




















































































































Enviar um comentário